Alquimista do Saber

“Se escrevo o que sinto é porque assim diminuo a febre de sentir.” Fernando Pessoa



Entre livros, filmes, coisas impressionantes e êxtases que vivenciamos, as vezes são tão profundos e nos instiga tanto que parece ser irreal... Além da qualidade expressiva de sentimentos que estejamos presenciando tem o fato de nosso estado emocional que pode nos remeter a essa realidade paralela. Lembro-me que alguns filmes me desnortearam tanto que as coisas que estavam ao meu redor parecia apenas sombras e uma criação da minha própria mente. Deja vú, experiências estranhas, coisas anormais, realidade mutáveis, muitas coisas realmente são assustadora do ponto de vista da normalidade.
Adoro ler sobre física quântica e o programa de neurolinguística eles falam bastante sobre essa realidade paralela, mas mesmo sendo muito bons, ainda estamos muito distantes de entender o funcionamento da nossa mente, do seu poder e dos seus mistérios. Enquanto não conseguimos tal e feito e continuamos apenas conhecendo as 4 dimensões, vamos nos aventurando no desconhecido.Uma ótima coisa para viver uma realidade paralela sem ser por meio de funções do sentimento é alteração da combustão do cérebro com composto químicos como a cerveja, é adorável e perturbador viver por algumas horas uma realidade que foge da sua razão métrica e vai se delineando pelos instintos e o subconsciente. QUERO BEBER! hehe.

Esse vídeo apesar de bastante sorumbático é um resumo lindo e altamente belo do que tentei passar, ele que me influenciou a compartilhar essa postagem.

O curta-metragem Vincent, de 1982, é o primeiro filme com a assinatura oficial de Tim Burton. Com a duração de 6 minutos, a animação foi produzida através da técnica stop-motion e em preto & branco. O filme conta a história de Vincet Malloy, um menino de 7 anos de idade que sonha em ser Vincent Price. O garoto de imaginação fértil vê sua casa como um grande castelo onde ele poderia fazer suas experiências como, por exemplo, transformar sua tia em um boneco de cera ou seu cachorro em um zombie. Leitor de Edgar Allan Poe, confunde sua realidade com as histórias do escritor.

Gênero: Curta / Animação
Ano/País: 1982 / USA
Director: Tim Burton


Saudações de Outras Dimensões

0 Comentários:

Postar um comentário

Facebook

Pesquisar este blog

=D

Minha foto
Rio Branco, Acre, Brazil
Wesley Diógenes

Criar seu atalho
Contato: wesley_diogenes@hotmail.com Quero explicar que o nome alquimista do saber vem da ideia de uma busca constante do conhecimento e do aprendizado, é como se fosse um aventureiro em busca de uma dialogia de filosofias para chegar a um determinado conhecimento, o nome do blog não passa de uma analogia e não se configura como uma prepotência da minha parte.

Chat de Impressões sobre o Blog e Discussão

Citações

Brilhar para sempre,

brilhar como um farol,

brilhar com brilho eterno,

gente é para brilhar,

que tudo mais vá para o inferno,

este é o meu slogan

e o do sol.

Vladimir Maiakóvski


Os que mais amam são os mais egoístas - Dostoiévski


Já dizia Dostoiévski em os Irmãos Karamazov: "SE DEUS não existe e a alma é mortal, tudo é permitido"


"A memória do coração elimina as más recordações e magnifica as boas, e graças a esse artifício, conseguimos superar o passado." Gabriel García Márquez


"Um alquimista é aquele que vive sua lenda, Desbrava o desconhecido, que sabe que para chegar ao impossivel tem que caminhar por caminhos impossiveis. Brilha sua luz!Sua individualidade coletiva questionadora. Vamos nessa! Navegar é preciso." Clenilson Batista

Viagem Sensorial

Viagem Sensorial
Nas busca irreal do real, vivemos a loucura como o refúgio de não conseguirmos jamais nos adaptarmos à normalidade.

Livros Favoritos

  • Almas Mortas
  • Amor nos Tempos de Cólera
  • Cem Anos de Solidão
  • Crime e Castigo
  • Do Amor e Outros Demônios
  • Dom Quixote
  • Elogia da Loucura
  • Lolita
  • Mais livros no site http://www.skoob.com.br/usuario/mostrar/144017
  • Metamorfose
  • O Anticristo
  • O Cortiço
  • O Morro dos Ventos Uivantes
  • O Pequeno Príncipe
  • Os Irmãos Karamazov
  • Águas para Elefantes
Ocorreu um erro neste gadget

Ah chinnnn, ops Che!

Ah chinnnn, ops Che!

Adooroo

Adooroo

Surrealismo

Surrealismo